Barty continua a fazer outro desporto e arrasa Pegula rumo às ‘meias’ do Australian Open

Por Bola Amarela - Janeiro 25, 2022

Ashleigh Barty não tira os olhos do troféu e já está nas meias-finais do Australian Open depois de dar mais um recital na Rod Laver Arena. Continua a dar a sensação de que todas estão a jogar ténis e a número um do mundo pratica um qualquer outro desporto diferente, já que ninguém a consegue beliscar, como se viu com Jessica Pegula (21.ª WTA), que saiu vergada sem conseguir sequer preocupar a australiana.

Barty resolveu a questão com os parciais 6-2 e 6-0 em pouco mais de uma hora, sendo que tudo rapidamente começou a desabar a favor da tenista da casa. A australiana quebrou logo a abrir o encontro e, quando vencia por 2-1, enfrentou o único momento um pouco mais duro. Salvou um ponto de break num jogo de serviço que durou mais, mas resistiu e o passeio ficou ainda mais confortável daí para a frente.

A líder do ranking mundial feminino desmontou o ténis de Pegula mais uma vez com os slices venenosos de esquerda, garantindo assim que está nas meias-finais do Australian Open pela segunda vez na carreira. A outra foi em 2020, quando perdeu frente a Sofia Kenin, a eventual campeã. Agora, o comboio da Barty Party vai encarar outra norte-americana para tentar alcançar a sua primeira final da carreira em Melbourne Park: desta feita é diante de Madison Keys.

Para que se perceba a autoridade que Barty tem aplicado neste torneio, basta ver que deixou escapar apenas 17 (!) jogos ao longo das cinco vitórias que já somou para alcançar as meias-finais.

Bola Amarela