Australian Open volta atrás e permite manifestações de apoio a Peng Shuai

Por Bola Amarela - Janeiro 25, 2022

No fim da semana passada, um acontecimento extra-ténis deu que falar no Australian Open. É que a Tennis Australia apreendeu t-shirts que mostravam apoio a Peng Shuai, tenista chinesa que continua a gerar preocupação depois de acusar de abusos sexuais um antigo alto governante do seu país. Ora, vários adeptos voltaram a entrar com t-shirts com a questão ‘Onde está Peng Shuai?’ e desta feita puderam ficar com elas para passar a mensagem.

Afinal, o que foi diferente para agora ser autorizado? Craig Tiley explicou a mudança de decisão. “É permitido desde que não venham como uma multidão para causar o caos e que sejam pacíficos. A situação foi mal-interpretada por algumas pessoas que não estão aqui e não têm noção do que realmente se passou”, afirmou o diretor da Tennis Australia.

Tiley revelou que o problema nos últimos dias foi além das camisolas. “A questão dos últimos dias é que algumas pessoas chegaram com uma grande cartaz e duas grandes varas. Não podemos permitir isso. Se vens para assistir ao ténis está tudo bem, mas não podemos permitir que ninguém cause distúrbios”sustentou.

Bola Amarela