Bartoli: «Federer ganha 100 milhões e o número 150 ATP não consegue viver do ténis»

Por José Morgado - Junho 2, 2020
bartoli-federer

Marion Bartoli, campeã de Wimbledon em 2013, tem-se mantido muito ativa nos últimos tempos no que diz respeito às suas opiniões sobre temas mais controversos. Agora, a francesa aproveitou a recente notícia de que Roger Federer é o desportista mais bem pago do Mundo para denunciar a má distribuição de dinheiro no ténis.

“Federer é o desportista mais bem pago do Mundo, ganha 100 milhões de dólares por ano. E depois temos o número 150 do ranking ATP que não consegue viver da modalidade”, disparou em declarações ao site ‘Tennis Majors’.

Bartoli esclareceu depois que o problema não é Federer, mas sim a má distribuição de verbas. “Não estou a dizer que ele deve ganhar menos, mas é triste ver as dificuldades pelas quais passam alguns tenistas”, disparou a ex-tenista, que recentemente sugeriu que se retirasse dinheiro… dos jogadore de pares.

Federer, diga-se, ganhou em 2019 mais de 100 milhões de dólares, mas ‘apenas’ 6 desses milhões foram ganhos dentro do court. O resto foi alcançado através de patrocínios e contratos publicitários.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.