Ao garantir número um, Nadal une-se a Federer e Djokovic em notável estatística

Por Nuno Chaves - Novembro 15, 2019
Nadal-Djokovic-Federer

A vitória de Roger Federer frente a Novak Djokovic na terceira e última jornada do Grupo Borj foi mais do que desejada para Rafa Nadal, uma vez que o espanhol garantiu a liderança do ranking mundial no final da temporada, independentemente daquilo que fizer esta sexta-feira.

O maiorquino, de 33 anos, garante desta forma o número um após a conclusão de uma época pela quinta vez na carreira… exatamente o mesmo número que Federer e Djokovic, algo que só prova o domínio e qualidade do Big 3, considerados por muitos como os três melhores jogadores de todos os tempos.

E para se perceber este domínio, vamos olhar para os jogadores que terminaram o ano como número um nos últimos 15 anos, sendo que o único ano em que nenhum conquistou… ficou entregue a Andy Murray.

Federer: 2004, 2005, 2006, 2007 e 2009;
Nadal: 2008, 2010, 2013, 2017 e 2019;
Djokovic: 2011, 2012, 2014, 2015 e 2018;
Murray: 2016

De referir que Pete Sampras é o jogador da história com mais temporadas terminadas na liderança: foram seis no total.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.