Anisimova salva dois match points em batalha fantástica e atira Osaka para fora do top 80

Por Bola Amarela - Janeiro 21, 2022

Num dia que nunca irá esquecer, Amanda Anisimova assinou uma das melhores exibições da carreira para chocar o mundo e bater Naomi Osaka rumo aos oitavos-de-final do Australian Open. A norte-americana de 20 anos, número 60 do ranking WTA mas que chegou a ocupar o 21.º lugar, brilhou num dos melhores encontros desta edição e bateu a campeã em título, condenando a japonesa a uma queda abrupta na tabela: vai sair… do top 80!

À boleia de uns impressionantes 46 winners e sem nunca se encolher nos grandes momentos, Anisimova venceu com os parciais 4-6, 6-3 e 7-6(5), inclusivamente depois de salvar dois match points quando servia a 4-5 na terceira partida. A norte-americana resistiu e depois assumiu as despesas num tie-break irrepreensível para concluir essa gigantesca surpresa que a deixou emocionada no final do encontro.

Naomi Osaka falha a defesa do título e vai cair para um 84.º lugar provisoriamente, enquanto Anisimova fica de encontro marcado com Ashleigh Barty para tentar chegar aos quartos-de-final de um torneio do Grand Slam pela segunda vez na carreira. Na outra alcançou as ‘meias’ em Roland Garros’2019 e perdeu com… Barty. Trata-se de um resultado sensacional para a norte-americana, que passou por vários problemas físicos nos últimos anos. Agora, vive um conto de fadas em Melbourne Park.

Bola Amarela