Zverev após bater Ferrer: «Costumo dar boas entrevistas, mas hoje não sei o que dizer»

Por José Morgado - Maio 8, 2019

MADRID. ESPANHA. Alexander Zverev, de 22 anos, foi o responsável por colocar um ponto final na carreira de David Ferrer, que deixou a modalidade esta quarta-feira com uma derrota na segunda ronda da prova espanhola. O alemão, número quatro mundial, teve algumas dificuldades em encontrar palavras depois de eliminar Ferrer da competição.

“Habitualmente até sou bom a dar entrevistas, mas hoje não sei o que dizer”, confessou Zverev, ainda em court, a Alex Corretja, antes de deixar palavras bonitas ao espanhol de 37 anos. “És a pessoa mais respeitável do ténis mundial. De certo modo também iniciaste a minha carreira. Lembro-me de jogar contigo quando tinha 17 anos e achava que era muito bom. Perdi 6-0 e 6-1.”

Este foi o terceiro encontro em 2019 entre Ferrer e Zverev. O alemão ganhou o primeiro, em Acapulco, mas perdeu semanas depois de forma surpreendente na segunda ronda do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, naquela que acabou por ser a última grande vitória da carreira do tenista espanhol.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.