João Sousa tem garantido novo máximo ATP de pares (melhor do que o recorde de singulares)

Por José Morgado - Maio 8, 2019
Joao-Sousa

MADRID. ESPANHA. João Sousa até pode não estar a passar pela melhor fase da sua carreira, mas continua a bater recordes. O vimaranense de 30 anos, que em singulares caiu recentemente para o 75.º posto do ranking ATP de singulares, apurou-se esta quarta-feira para os quartos-de-final de pares do ATP Masters 1000 de Madrid pela primeira vez e com isso… garantiu mais um recorde.

Na próxima segunda-feira, Sousa vai subir — no mínimo — ao 26.º posto do ranking ATP de pares, um novo máximo pessoal e da história do ténis português. O minhoto passará a ter um recorde de ranking melhor em pares do que em singulares, onde em maio de 2016, também depois de chegar aos ‘quartos’ na capital espanhola, atingiu o 28.º lugar.

Recorde-se que o vimaranense volta ao court esta quinta-feira ao lado do argentino Guido Pella para defrontarem o polaco Lukasz Kubot e o brasileiro Marcelo Melo. Em caso de vitória, Sousa entra no top 25 mundial de duplas.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.