Woodbridge: «Seria especial se Federer e Nadal terminassem com os mesmos Grand Slam»

Por Tiago Ferraz - Outubro 14, 2020
federer-nadal

Todd Woodbridge, um dos melhores tenistas de pares da história do ténis, deu uma entrevista ao Wide World of Sports, da Austrália, onde falou de Rafael Nadal e de Roger Federer.

O australiano, que elogiou a postura de Rafael Nadal na final do torneio de Roland Garros de 2020, revela um desejo para o final da carreira de Federer e Nadal, mas não vê Federer a conseguir manter o nível:

“Não tem a ver com a qualidade de jogo do Federer, tem a ver sim com o seu corpo e com o modo como alguém da sua idade pode ou não aguentar sete encontros de um Grand Slam. A parte real do seu jogo, a nível de bater na bola, é tão boa como sempre foi, mas o corpo já não recupera tão facilmente. Os anos que leva a competir com o Rafa e o Novak tornam tudo mais difícil. A verdade é que não espero que o Rafa se retire tão cedo, mas seria especial que Federer e Nadal terminassem com o mesmo número de Grand Slams. Penso que isso seria um grande testemunho da incrível rivalidade que Nadal e Roger tiveram. Era bom porque era sinal que nenhum deles era melhor do que o outro”, revela.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.