Wilander: «É possível que Federer volte, mas vai ter dificuldades contra os top 10»

Por Bola Amarela - Novembro 27, 2021
Foto: EPA

As muitas dúvidas sobre a condição em que Roger Federer voltará ao circuito continuam a ser assunto. Dono de sete títulos de Grand Slam e ex-número 1 do Mundo, o sueco Mats Wilander acredita que o suíço, que fará 41 anos em agosto, terá dificuldades para competir com o jogadores que atualmente estão no top 10 do ranking ATP.

“Acho que é possível que ele volte, principalmente porque se ele continua a dizer que vai voltar é porque está obviamente decidido a isso. Ele não se cansa, sabe ouvir o seu corpo, mas está a ficar cada vez mais difícil. O maior problema, para mim, é que os outros jogadores estão a ficar muito bons”, disse Wilander ao Eurosport. “Zverev e Medvedev são os jogadores que estão a crescer cada vez mais, eles estão a jogar muito bem em grandes palcos. Claro que Federer tem o seu serviço, mas quão grande é o serviço comparado com o desses dois neste momento? Só saberemos quando se defrontarem”, observou o sueco.

Wilander acredita que o suiço terá que moderar as suas expectativas no seu regresso, um esforço curioso para um jogador de 40 anos. “Não acho que o Roger Federer vá jogar muitos encontros no circuito. Ele sabe que ainda tem uma chance de vencer, talvez não um Grand Slam, talvez não uma final, mas três ou quatro encontros”, analisou o ex-líder do ranking.

“Tenho certeza de que o Roger está curioso para saber o que pode fazer com 41 anos”, complementou o sueco.

Bola Amarela