[VÍDEO] Schwartzman chora em court após vitória ao recordar a avó que faleceu

Por José Morgado - Fevereiro 16, 2019

Diego Schwartzman, de 26 anos, tem-se convertido ao longo dos últimos tempos num verdadeiro favorito dos fãs um pouco por todo o Mundo, não apenas pela sua história e pelo seu ténis, mas também devido à sua personalidade. Esta sexta-feira ao final da noite, o argentino garantiu a qualificação para as meias-finais do ATP 250 de Buenos Aires, o maior torneio do seu país, naquele que é o seu melhor resultado de sempre em casa, e no final… não escondeu as emoções.

Com a sua mãe Silvana em lágrimas nas bancadas — a tal senhora que quando o filho era mais jovem vendia artigos que fazia em casa nos seus torneios para ajudar a que Diego pudesse cumprir o sonho de ser profissional –, Diego lembrou a avó, que faleceu há um mês. “Agradeço a todas as pessoas que me apoiaram e também à minha avó, que faleceu há um mês. É o primeiro ano em que não tenho nenhum dos meus avós em Buenos Aires. Uma saudação muito grande para os meus pais, que têm feito um esforço muito grande. A minha avó da parte da minha mãe vinha sempre ver-me jogar. Oxalá possa continuar a dar-lhe alegrias”, confessou o argentino, muito emocionado.

Schwartzman defronta Dominic Thiem nas meias-finais de singulares de Buenos Aires. Mais tarde, juntam-se para disputarem as meias-finais… de pares.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.