Uma queda anunciada: Federer sai do top 50… 22 anos depois

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 13, 2022

Não se trata de uma surpresa, tendo em conta que já lá vai quase um ano desde o último encontro que realizou, mas eis que se consumou uma queda que não deixa de ser marcante. Roger Federer desceu 18 posições na atualização do ranking ATP desta segunda-feira, saindo do top 50 pela primeira vez desde… 5 de junho de 2000.

Federer surge agora como 68.º da hierarquia mundial masculina, numa altura em que continua a recuperar de mais uma operação ao joelho, sendo que agora vai perder mais 250 de pontos do título de Halle em 2019 (vai ficar à porta de sair do top 100) e a 11 de julho desaparecem os restantes pontos que tem no ranking, referentes à final de Wimbledon de 2019.

Contas feitas, foram 1.148 semanas sempre no top 50, numa incrível sequência que começou quando Andre Agassi era o número um do Mundo e Novak Djokovic ou Rafael Nadal nem sequer estavam no ativo…

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.