Uma primeira vez: Nadal nunca chegou a Roland Garros sem uma final Masters 1000 em terra

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 13, 2022
Créditos: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Foi preciso chegar aos 35 anos para Rafael Nadal ter uma primeira vez que certamente não queria no ténis profissional. É que o número quatro do ranking ATP vai chegar a Roland Garros sem pelo menos uma final disputada num dos Masters 1000 de terra batida, algo que é inédito no seu percurso ímpar.

O espanhol não disputou o Masters 1000 de Monte-Carlo devido à fratura de stress nas costelas, ao passo que caiu nos quartos-de-final de Madrid frente a Carlos Alcaraz e agora acabou eliminado por Denis Shapovalov nos oitavos-de-final em Roma. Assim, chega em branco neste registo a Paris, isto numa altura em que se acumulam as dúvidas sobre se a lesão crónica no pé esquerdo vai permitir que o espanhol dispute o Grand Slam francês.

Esta série começou em 2005, ano da sua estreia em Roland Garros, onde chegou desde logo com os títulos nos Masters 1000 de Monte-Carlo e Roma. Agora, o cenário muda radicalmente e apresenta-se um novo desafio para o espanhol, que em 2020 também chegou a Paris sem finais num Masters 1000 em terra, mas porque se tratou de um ano excecional em que não houve uma temporada de pó de tijolo tradicional: Rafa apenas jogou Roma em setembro, antes de vencer em Paris sem perder qualquer set.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.