Tsitsipas não dá hipóteses a Rublev e conquista no Mónaco o primeiro Masters 1000 da carreira

Por Nuno Chaves - Abril 18, 2021
Tsitsipas

Stefanos Tsitsipas, número cinco mundial, confirmou a excelente temporada de 2021 que tem vindo a fazer e vence este domingo, aos 22 anos, o seu primeiro ATP Masters 1000 de carreira, em Monte Carlo. Este é o segundo título mais importante da sua vida, depois de em 2019 se ter tornado num dos mais jovens vencedores de sempre nas ATP Finals, em Londres.

Na grande final da prova, o tenista grego, residente no Principado do Mónaco há alguns anos, derrotou o russo Andrey Rublev, pelos parciais de 6-3 e 6-3, naquela que foi uma exibição impressionante de Tsitsipas, onde não deu qualquer hipótese ao seu adversário, num duelo em que quem vencesse sairia do Mónaco como número um da Corrida para Turim, ou seja, como o jogador com mais pontos somados em 2021.

Durante todo o encontro, Tsitsipas esteve sempre muito sólido em todos os capítulos do jogo, em especial, no seu serviço, sendo que não permitiu sequer que Rublev tivesse sequer break points.

Este é o sexto título da carreira para o jovem de 22 anos, o segundo em terra batida (primeiro foi no Millennium Estoril Open). O grego tem agora umas ATP Finals, um Masters 1000 de quatro ATP 250 no palmarés de carreira.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.