Tsitsipas: «Adorei o encontro. Ficou provado que sei lidar com situações de pressão»

Por Susana Costa - 4 Maio, 2019
Stefanos-Tsitsipas

Foi sorridente e descontraído como ainda não o tínhamos visto que Stefanos Tsistipas surgiu na sala de imprensa do Millennium Estoril Open, neste sábado. A vitória sofrida diante de David Goffin deu “pica” ao grego de 19 anos, número 10 mundial, que vai lutar pelo título na prova ATP 250, neste domingo, diante de Pablo Cuevas (15h30).

“Adorei o encontro de hoje”, começou por revelar. “Foi um encontro difícil, mas eu gosto de desafios. Provou que eu consigo lidar com situações de pressão e que consigo acredito que é possível ganhar quando estou por baixo”, acrescentou Tsitsipas, semifinalista no ano passado.

“Estive com break points contra no terceiro set e consegui salvar. Foi como se tivesse renascido. Consegui lidar da melhor forma com o encontro, ele estava a jogar bem e fez-me passar por apertos. Foi um grande encontro”, analisou o jovem jogador grego, não esperando mais facilidades diante do seu oponente de amanhã.

“Vai ser um encontro difíil, ele sabe o que faz no court. O desafio mais difícil de superar vai ser a sua experiência. É um veterano, tem quatro ou cinco vezes mas encontros jogados em terra batida do que eu”, afirmou.

Tsitsipas vai tentar conquistar em Portugal o segundo título do ano, depois do ATP 250 de Marselha, em França, e terceiro da carreira.

Susana Costa
Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tal que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo e um Secundário dignamente enriquecido com caderno cujas capas ostentavam recortes de jornais do Lleyton Hewitt. Entretanto, ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.