Thiem pede coerência na utilização do cronómetro por parte dos árbitros

Por Bola Amarela - Junho 11, 2019
thiem

Dominic Thiem, número quatro mundial e vice-campeão de Roland Garros, regressou esta terça-feira a Viena e deu uma conferência de imprensa na sede do seu principal patrocinador, onde falou de uma série de temas, nomeadamente da utilização pouco coerente do cronómetro para medir o tempo entre pontos. O austríaco de 25 anos denuncia que os árbitros não têm critério sobre quando começar a contar e que isso se viu de forma clara na final diante de Rafael Nadal.

“É preciso arranjar um padrão para esta regra. Neste momento é tudo uma grande confusão. Há árbitros que iniciam o cronómetro numa altura e outros noutra altura. Espero que isto se resolva”, confessou o austríaco, sem apontar o dedo a nenhum rival especificamente.

Thiem admite que deveria ter abandonado o campo como Rafa Nadal fez no final do segundo set da final. “Errei, devia ter saído do court também. Devia ter ido ao balneário acalmar-me, refrescar-me, mas fiquei ali no court e perdi o ritmo. O Rafa fez-me pagar por isso”.

Bola Amarela