Thiem: «Deu para ver o que Djokovic acumulou dentro dele nos últimos meses. É desumano»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 13, 2021
djokovic-finalista

Dominic Thiem deixou de ser o campeão em título do US Open, ao ‘passar’ o troféu a Daniil Medvedev, que levou a melhor numa final histórica e marcante sobre Novak Djokovic. O austríaco, que está lesionado no pulso direito e só volta a competir em 2022, analisou o encontro, reconhecendo que o peso do feito que podia alcançar – Calendar Slam – acabou por levar a melhor sobre o sérvio.

“Dava para ver a tensão em que Novak Djokovic estava, especialmente na última troca, em que ele estava em lágrimas. Deu para ver o que Djokovic acumulou dentro dele nos últimos meses. É simplesmesnte desumano. Não o conheço assim tão bem, mas ele tem um coração muito bom e mereceu o amor de todo o público naquele momento. Não precisamos de estar aqui a falar do que ele já alcançou sequer”, reconheceu Thiem, em entrevista ao Eurosport.

Sobre Medvedev, o Dominic mostrou-se rendido. “Ele não quis saber de nada. Jogou de forma sensacional do início ao fim, não fez nada estúpido durante todo o encontro e, por cima disso, disparou winners para todo o lado. Serviu muito bem contra o jogador que melhor responde. Mereceu completamente vencer. Com o break no início do terceiro set, teve imediatamente a dinâmica no lado dele e depois foi sempre muito consistente”analisou Thiem.

Pedro Gonçalo Pinto