Thiem desvaloriza qualidade do ar: «Isto não é nada, em Pequim é muito pior»

Por Nuno Chaves - Janeiro 18, 2020

A má qualidade do ar que se faz sentir em Melbourne está a ser uma das grandes questões nestes dias que antecedem o início do Open da Austrália.

Ainda assim, há quem tenha uma opinião mais tranquila relativamente a este assunto. Falamos de Dominic Thiem. “É certo que houve dias onde o ar esteve bastante mal.  Mas isto não é nada. Em Pequim jogámos com uma qualidade de ar muito pior que aqui. Estamos contentes de que o ar está mais limpo agora e a nossa preocupação é que o incêndio se vá apagando e que tudo volte à normalidade”, revelou em conferência de imprensa.

Quanto às suas sensações. “Creio que chego ao Open da Austrália bem. É certo que não estive bem na ATP Cup, onde tive uma vitória e duas derrotas, mas as sensações foram diferentes. No primeiro jogo tive alguns problemas, possivelmente devido aos poucos jogos, mas no segundo e terceiro tirei conclusões positivas. Joguei bom ténis e depois de ser eliminado, tive duas semanas para preparar com paciência este Open da Austrália. Treinei estes dias com os melhores do mundo e as sensações são muito boas”, admitiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.