Swiatek fecha conto de fadas com título em Roland Garros

Por José Morgado - Outubro 10, 2020
Swiatek2

Iga Swiatek, jovem de apenas 19 anos, conquistou este sábado o seu primeiro título de Grand Slam, ao sagrar-se campeã da edição de 2020 de Roland Garros. A polaca é a primeira mulher do seu país a conquistar um Major e a mais jovem campeã do Grand Slam francês desde Monica Seles, há 28 anos, em 1992. Na altura, a então jugoslava venceu na altura o seu terceiro título seguido em Paris.

Com mais uma grande exibição, ao nível daquelas que a conduziram até à final de Paris, a polaca voltou a arrasar, como aconteceu ao longo do torneio: bateu na final de Roland Garros a norte-americana Sofia Kenin, número seis mundial e campeã do Australian Open, em janeiro passado, por 6-4 e 6-1, ao cabo de apenas 1h21 de um duelo que controlou praticamente de início ao final.

A jogar o encontro mais importante da sua vida, Swiatek disparou 25 winners (para 17 erros não forçados) e contou com um dia menos inspirado da norte-americana de 21 anos, que nunca se sentiu confortável no encontro, chegando mesmo a pedir assistência médica no segundo set.

A jovem sucessora de Agnieszka Radwanska — que apesar de ter sido uma das melhores jogadoras do Mundo durante quase uma década nunca venceu um Grand Slam — nunca tinha sequer vencido um título WTA e agora vai subir ao top 20 mundial. Fixar-se-à no 17.º posto WTA depois de se tornar na segunda não cabeça-de-série da história da Era Open a ganhar em Paris. A outra foi Jelena Ostapenko, em 2017, que também não tinha títulos antes de ganhar aqui há três anos. Kenin, por seu turno, sobe do sexto para o quarto lugar.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.