Serena vira de set e break abaixo rumo às meias-finais do US Open

Por José Morgado - Setembro 9, 2020
serena-usopen-qf

Serena Williams, detentora de 23 títulos de Grand Slam de singulares e de seis troféus no US Open (1999, 2002, 2008, 2012, 2013 e 2014), qualificou-se esta quarta-feira para as meias-finais do maior torneio do seu país pela 14.ª vez na sua carreira, 21 anos depois da primeira, precisamente na temporada em que somou o seu primeiro troféu no Arthur Ashe Stadium.

A norte-americana de quase 39 anos, atual número oito WTA, voltou a ter de trabalhar horas extra, mas conseguiu resistir ao duelo de mães diante da búlgara Tsvetana Pironkova, a jogar em Nova Iorque o seu primeiro torneio desde julho de 2017, por 4-6, 6-3 e 6-2, num encontro resolvido em 2h10.

Esta quinta-feira em sessão noturna, Williams vai jogar uma meia-final de Grand Slam pela 39.ª vez na sua carreira. A campeoníssima, que tem o melhor registo da história em meias-finais de Majors (33-5), vai defrontar a vencedora do encontro europeu entre a bielorrussa Victoria Azarenka e a belga Elise Mertens.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.