Schwartzman ‘rasga’ ATP: «Protocolo do US Open é uma autêntica loucura»

Por Tiago Ferraz - Julho 25, 2020
Diego-Schwartzman
REUTERS/Matteo Ciambelli – RC1691780240

O tenista argentino Diego Schwartzman teceu duras críticas à ATP a propósito do protocolo do US Open que o próprio considera ser uma utopia.

“As condições que nos colocaram para o US Open são uma autêntica loucura. Eu vou jogar porque preciso e porque é o meu trabalho, mas ir a um torneio do Grand Slam depois de sete meses sem jogar e poder estar apenas com um membro da equipa técnica e no meio de tantas regras complexas parece-me algo fora do comum. Para mim, não faz sentido jogar dessa forma. É algo muito rebuscado”, disse, citado pelo Punto de Break.

O tenista argentino diz ainda que pretende competir no US Open e na temporada de terra batida:

“A minha intenção é jogar tudo o que for possível e ir vendo. Vou estar com o meu preparador físico, com o meu treinador e com a minha namorada. Pedem-nos testes negativos em todos os países que vamos. Tinha um voo preparado para ir preparar o torneio de Washington (que foi cancelado), mas agora vou ter que estar a treinar longe de casa mais uma semana. Planificar este ano é muito difícil e tal como estão as coisas tenho previsto jogar os torneios de Cincinnati, US Open, Madrid, Roma e Roland Garros. Se cair na primeira ronda do US Open, vou jogar Kitzbuhel”, afirmou.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.