Ruud pode fazer história e tornar-se número um do Mundo sem um único título acima dos ATP 250

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 5, 2022

Enquanto estas linhas são escritas, há três jogadores com hipóteses de saírem do US Open no topo do ranking ATP. Rafael Nadal ocupa essa posição virtualmente, mesmo depois de ser eliminado nos oitavos-de-final por Frances Tiafoe, enquanto Casper Ruud já se encontra nos ‘quartos’ e Carlos Alcaraz ainda tem de ultrapassar Marin Cilic para lá chegar.

Pode encontrar as contas no artigo abaixo, mas a verdade é que algo absolutamente inédito pode acontecer em Flushing Meadows. Uma das hipóteses para Ruud saltar para o topo é chegar à final do US Open e perder com qualquer jogador que não se chame Alcaraz. Ou seja, tem de alcançar a final e esperar que Carlitos perca nos ‘oitavos’, ‘quartos’ ou ‘meias’. Se tal se confirmar, Ruud vai subir ao primeiro lugar do ranking ATP sem um único título acima da categoria ATP 250.

O norueguês tem nove troféus na carreira, todos 250, sendo que esta temporada alcançou pela primeira vez finais acima. Em causa está o Masters 1000 de Miami e Roland Garros. Ruud pode, assim, tornar-se no primeiro homem ou mulher a sentar-se no trono do ranking só com títulos da categoria mais baixa.

O que Nadal precisa para ser número um: destino nas mãos de Alcaraz e Ruud

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.