Roland Garros anuncia wild cards cem por cento franceses

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 11, 2022

Fernando Verdasco tinha mesmo razão quando disse que em França nunca aconteceria os wild cards serem distribuídos mais por tenistas de outras nacionalidades. Basta olhar para a lista de convites dados para Roland Garros, entre qualifyings e quadros principais, com a totalidade a seguir para jogadores da casa, faltando apenas divulgar aqueles que são entregues a norte-americanos e australianos devido aos protocolos existentes.

No quadro masculino, o grande destaque vai para Jo-Wilfried Tsonga, que irá terminar a carreira após o torneio. Também Gilles Simon irá jogar em Roland Garros uma última vez na carreira, sendo que aos dois mosqueteiros se juntam Grégoire Barrere, Manuel Guinard, Corentin Moutet e Lucas Pouille. No qualifying entram Arthur Cazaux, Sean Cuenin, Gabriel Debru, Arthur Fils, Evan Furness, Sasha Gueymard Wayenburg, Laurent Lokoli, Clément Tabur e Luca Van Assche.

No quadro principal feminino, os wild cards seguem para Tessah Andrianjafitrimo, Fiona Ferro, Elsa Jacquemot, Léolia Jeanjean, Chloé Paquet e Harmony Tan. Para o qualy ganham lugar Audrey Albie, Océane Babel, Lois Boisson, Emeline Dartron, Salma Djoubri, Selena Janicijevic, Carole Monnet, Lucie Nguyen Tan e Alice Ram.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.