Roger Federer é o mais eficaz do Big Three no segundo serviço

Por Tiago Ferraz - Março 4, 2020
federer-wimbledon
Foto: Reuters

Roger Federer é considerado por muitos como o melhor tenista de todos os tempos e, desde cedo, se percebeu que o suíço tinha características que o distinguiam dos demais.

Dono de um primeiro serviço fabuloso a nível de potência e, principalmente, de colocação Roger Federer também é o melhor dentro dos tenistas que compõem o Big Three…No segundo serviço.

O Bola Amarilla fez um trabalho de investigação no qual destaca as diferenças existentes entre Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federer tendo em conta o número de pontos ganhos na segunda pancada de serviço entre 2015 e 2019: Roger Federer lidera a lista com 58% de pontos ganhos no segundo ‘saque’ (ganhou 4237 em 7742).

Logo depois vem o espanhol Rafael Nadal que tem cerca de 57% por cento de pontos ganhos com o segundo serviço: o maiorquino venceu 4011 pontos em 6932 jogados com a segunda bola sendo que Novak Djokovic surge na terceira posição com 56% (4407 pontos ganhos em 6932).

Segundo os dados apurados pelo Bola Amarilla, tanto Nadal como Federer conseguiram cerca de 60% de pontos ganhos com o segundo serviço na relva, mas o suíço é o mais eficaz (60,1 % de pontos ganhos contra 60% de Nadal) enquanto Novak Djokovic conseguiu pouco mais de 56%.

No piso rápido, Roger Federer volta a superiorizar-se aos rivais ao vencer, entre 2015 e 2019, 58,1% dos pontos na segunda bola contra os 56,9% de Nadal e os 58% de Djokovic.

Na terra batida é, sem surpresa, Nadal a dominar uma vez que o espanhol venceu cerca 58,6% dos pontos com o segundo serviço no pó de tijolo enquanto que Federer conseguiu 58,4% e Djokovic obteve 54,6% dos pontos.

Jogador Piso rápido
Terra Batida Relva
Roger Federer 58.10% 58.49% 60.16%
Rafael Nadal 56.97% 58.65% 60.03%
Novak Djokovic 58.06% 54.69% 56.21%
Tiago Ferraz