Roddick sobre facto de Djokovic ser anti-vacinas: «Estou para ver se ele falha Grand Slams»

Por Tiago Ferraz - Abril 21, 2020
djokovic-ao
Imagem: Twitter Australian Open

O norte-americano Andy Roddick comentou o facto de Novak Djokovic ser contra as vacinas numa altura em que o coronavírus tem sido letal um pouco por todo o mundo.

“Eu não tenho que concordar com aquilo que são as crenças de alguém para respeitar o facto dessas pessoas as terem. O ponto de partida não é se ele é ou não contra as vacinas, mas sim aquilo que é mais seguro para levar o ténis para a frente à escala global. E isso vai acontecer através da vacinação que é o que vai permitir que nós possamos voltar à vida normal”, revela Roddick.

O antigo número um mundial prossegue com a teoria e até lança uma indireta:

“Foi o Novak que disse isto (de ser contra vacinas). Eu não tenho que concordar com a sua posição. Ele sabe que terá que tomar uma decisão. Estou curioso para ver até onde vai a sua crença se ele tiver que falhar Grand Slams por não querer tomar uma vacina”, disse, citado pelo Tennis.com.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.