Razia de favoritas na primeira ronda do WTA do Dubai

Por Tiago Ferraz - Fevereiro 18, 2020
svitolina

Dia difícil para algumas das principais favoritas à vitória no WTA do Dubai. A campeã de 2019 Belinda Bencic foi afastada, logo na primeira ronda, diante da russa Anastasia Pavlyuchenkova pelos parciais de 6-1, 1-6 e 1-6.

A primeira partida foi dominada por Bencic, que fez o break por duas vezes consecutivas e avançou depois para o 5-0. A um jogo da vitória na partida inicial a suíça não vacilou e venceu o set por 6-1.

Na segunda partida tudo mudou: o set até começou favorável a Bencic, que fez o break logo no jogo inicial, mas depois disso a russa Pavlyuchenkova reagiu muito forte, fez três breaks seguidos nos segundo, quarto e sexto jogos e depois teve serviço na mão para vencer o set por 6-1 para forçar uma partida decisiva.

Nessa fase, Bencic esteve irreconhecível, sofreu break em todos os jogos de serviço e foi sem surpresa que Pavlyuchenkova fechou o set e o encontro com novo parcial de 6-1.

Quem também está fora do WTA Premier do Dubai é a campeã do Australian Open Sofia Kenin. A jovem norte-americana foi surpreendida pela cazaque Elena Rybakina pelos parciais de 7-6((2), 3-6 e 3-6.

O primeiro set ficou marcado pelo grande equilíbrio o que resultou em apenas dois breaks, um para cada lado, e num empate no final dos doze jogos regulamentares (6-6): o encontro seguiu para um tiebreak e, nessa fase, Kenin esteve imperiosa e venceu por 7-6(2).

Na segunda partida, Elena Rybakina melhorou a eficácia na resposta ao serviço e manteve-se bem no seu ‘saque’: a tenista cazaque venceu todos os jogos de serviço e, com duas quebras de serviço, nos sétimo e nono jogos, venceu o parcial por 6-3.

Na terceira e decisiva partida, o equilíbrio foi muito evidente e o encontro ficou definido num único break, no oitavo jogo, que foi favorável a Rybakina que, depois, venceu o encontro por 6-3.

Nos oitavos de final, Elena Rybakina vai defrontar a checa Katerina Siniakova.

Para completar o lote de surpresas na primeira ronda do WTA Premier do Dubai falta falar de Elina Svitolina, campeã do torneio em 2017 e 2018, que também está fora da prova. A ucraniana perdeu com a norte-americana Jennifer Brady por 6-2 e 6-1.

No primeiro set, a norte-americana esteve bem no serviço, não perdeu nenhum jogo e fez dois breaks a Svitlina para vencer a partida inicial por 6-2.

No segundo set, Svitolina teve muitas dificuldades no serviço, sofreu três breaks de forma consecutiva, nos segundo (0-2), quarto (0-4) e sexto jogos e deixou Brady a servir para confirmar a vitória no encontro que durou pouco mais de uma hora.

Na próxima ronda, Brady vai medir forças com a jovem checa Marketa Voundrousova.

 

 

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.