Ramos é coroado rei do Millennium Estoril Open e conquista terceiro título da carreira

Por Bola Amarela - Maio 2, 2021
Albert Ramos-Vinolas3

Albert Ramos nunca mais vai esquecer Portugal. É que foi no nosso país que o espanhol regressou aos títulos no ATP Tour, ao sagrar-se campeão do Millennium Estoril Open de 2021. Aos 33 anos, o número 46 do ranking ATP concluiu uma semana de grande nível com a vitória numa final intensa com Cameron Norrie (50.º), que lutava por um troféu apenas pela segunda vez na carreira. No entanto, a batalha de esquerdinos caiu mesmo para Ramos, que eleva a contagem do seu percurso para três títulos.

O espanhol triunfou com os parciais 4-6, 6-3 e 7-6(3), ao cabo de 2h45, num encontro sempre muito equilibrado, marcado pelo forte vento que se fez sentir, no qual ambos os jogadores tiveram oportunidades para se destacar. Algo que se tornou ainda mais evidente no terceiro set, com os esquerdinos a ameaçarem o serviço adversário várias vezes e até a trocarem breaks pelo meio. No entanto, foi Ramos quem se mostrou mais forte para concretizar um sonho, depois de até ser assistido, devido a queixas musculares, no arranque do segundo set. Um eventual ponto de viragem até para o hispânico.

Ramos, que sucede a Stefanos Tsitsipas e irá subir à 41.ª posição do ranking ATP, consegue inscrever o nome na história do torneio português, na sequência de uma grande semana em que bateu Fernando Verdasco, Pierre-Hugues Herbert, Corentin Moutet, Alejandro Davidovich Fokina e Norrie, perdendo apena um set… na final. É o terceiro título e o primeiro em quase dois anos, juntando-se a Bastad’2016 e Gstaad’2019. Por outro lado, havia perdido oito finais, uma delas já este ano, em Córdoba.

Quanto a Norrie, trata-se da segunda derrota em outras tantas finais após também não ter sido feliz há dois anos em Auckland. Na altura, não resistiu a Tennys Sandgren e ainda terá de trabalhar mais para concretizar o sonho de se sagrar campeão no ATP Tour. Ainda assim, vai registar uma ligeira subida para o 48.º lugar da hierarquia mundial masculina.

Bola Amarela