Raducanu no adeus a Roland Garros: «Balanço da época de terra é positivo»

Por Nuno Chaves - Maio 25, 2022

Emma Raducanu despediu-se de Roland Garros com uma derrota na segunda ronda mas não é por isso que deixa de estar orgulhosa da sua prestação. Em conferência de imprensa, a campeã do US Open reforçou a sua evolução durante a temporada de terra batida.

MELHORIAS NO PÓ DE TIJOLO

Acho que fiquei mais forte com o decorrer da temporada de terra. É preciso muito mais para vencer o ponto nesta superfície. Ainda tenho um longo caminho a percorrer nesta superfície mas, no geral, diria que tive, definitivamente, uma boa experiência na terra batida. Acho que posso melhorar muito e ser melhor do que aquilo que sou agora. O balanço da temporada de terra é positivo

EVOLUIR NOS GRANDES PALCOS

Para ser honesta, estou a aprender a cada dia, cada encontro, cada treino. Diria que estou neste nível mas há aspetos no meu jogo onde preciso de melhorar e tentar alcançar o nível no meu atual ranking. Estou feliz com o progresso que estou a fazer. Sinto que estou a jogar muito bom ténis e nos treinos estou a trabalhar muito. Há coisas que estou a trabalhar nos treinos que estão a dar resultados mas que não demonstram resultados no imediato.

LIDAR COM AS DERROTAS

Antes as derrotas afetavam-me muito mais do que agora. Agora olho para tudo como uma lição e agora sei exatamente onde estive mal, onde posso evoluir, onde as minhas adversárias foram melhores que eu. Agora olho para estes encontros como uma boa ferramente para me ensinar a melhorar o meu próprio jogo

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.