Raducanu está de regresso: «Ainda estou a viver nas nuvens»

Por Nuno Chaves - Outubro 6, 2021

É já no final da semana que vai acontecer o tão desejado regresso à competição de Emma Raducanu, depois da épica conquista do US Open.

A britânica vai jogar o WTA 1000 de Indian Wells (recebeu um wild card para o quadro principal) e a expectativa em ver a jovem de 18 anos em court é alta. Ainda assim, a própria garante que o seu desejo é de que tudo continue como antes.

“Não quero mudar nada. O que me levou a este ponto é não pensar nada diferente. Se começar a ter mais pensamentos na minha cabeça creio que mais tarde ou mais cedo vou ter um problema grave”, começou por dizer, na antevisão à prova.

“Vou continuar a jogar o ténis que sei e espero que seja o mais regular possível para continuar a ganhar coisas. Passei três semanas muito boas em Nova Iorque. Experimentei muitas emoções assombrosas. Agora voltei aos treinos e tenho vontade de novas conquistas”, garantiu.

Mas apesar de querer manter tudo como estava antes do US Open, é inegável de que o momento é mais do que positivo e Raducanu até recordou o momento após a conquista. “Depois do encontro voltámos para o hotel e só estava eu e a minha equipa. Tivemos uma refeição realmente agradável, falámos e refletimos sobre tudo o que aconteceu. Isso para mim será o que mais se destaca, ainda que tenha desfrutado muito de todos os convites para eventos, nestas últimas semanas. Ainda estou a viver numa nuvem”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.