Primeiro-ministro contraria Tiley: «Djokovic deve achar-se maior do que o Australian Open…»

Por Bola Amarela - Janeiro 24, 2022

Craig Tiley, diretor da Tennis Australia, voltou aos holofotes quando falou sobre Novak Djokovic, abrindo a porta ao sérvio para participar no Australian Open do próximo ano, mesmo que o número um do mundo esteja banido da Austrália por três anos. Ora, o primeiro-ministro de Victoria veio já contrariar essa ideia, arrasando as hipóteses de Djokovic caso este não esteja vacinado.

“A minha posição é muito clara. Se queres vir para cá, vacina-te. É muito simples. Nadal é que disse bem. Tudo tinha sido evitado se ele se tivesse vacinado. Djokovic deve achar-se maior do que o Australian Open… Mas não é. É por isso que o torneio está a acontecer sem ele e está a ser um grande sucesso”destacou Daniel Andrews.

O governante deixou ainda uma mensagem a Tiley. “Ao senhor Tiley e à sua equipa, desejo-lhes o melhor quando entram na segunda semana. Este é um grande torneio. É o maior que há no ténis no primeiro quarto de cada ano. Melbourne, Londres, Nova Iorque e Paris estão ligados por algumas coisas e uma delas é o ténis de Grand Slams. Este evento é muito maior do que uma pessoa. Houve uma pessoa que pensou diferente e não está no nosso país. E o torneio está a acontecer, o que é fantástico”, rematou.

Djokovic foi banido por três anos mas Tiley abre a porta ao sérvio para jogar Australian Open… em 2023

Bola Amarela