Portugueses em grande em Vale do Lobo: Borges e Cação na 2.ª ronda após baterem cabeças-de-série

Por José Morgado - Outubro 27, 2020
FOTO FPT

Nuno Borges e Tiago Cação, dois dos quatro wild cards portugueses que tiveram acesso ao quadro principal do ITF M25 de Vale do Lobo (que foi transferido de Tavira para uns quilómetros mais a oeste), fizeram desta terça-feira um belo dia para o ténis português no Algarve e qualificaram-se para a segunda ronda da competição com vitórias sobre dois jogadores mais bem colocados no ranking.

Borges, número 458 ATP e que nas últimas semanas tem vencido muitos encontros e na sua grande maioria diante de tenistas mais bem cotados no ranking ATP, derrotou o norte-americano Alexander Ritschard, número 301 ATP e quarto cabeça-de-série, que desistiu (muito mau perder à mistura…) quando o maiato servia para a vitória com 6-4, 5-4 e 15-0.

Já Cação (536.º ATP) virou de break abaixo no terceiro set para alcançar uma das melhores vitórias da sua carreira diante do noruguês Viktor Durasovic (335.º), por 4-6, 6-3 e 6-3, em 2h09 de embate.

Na segunda ronda (quinta-feira), Borges defrontará o vencedor do encontro entre o italiano Raul Brancaccio e o equatoriano Nicolas Barrientos, ao passo que Cação espera por Gastão Elias ou pelo suíço Raphael Baltensperger. Elias e o algarvio Tomás Luís, vice-campeão nacional de juniores, são os outros portugueses presentes no quadro de singulares e jogam esta quarta-feira.

Gonçalo Falcão e Luís Faria perderam esta terça-feira na ronda de acesso ao quadro principal.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt