Portugal treina em Budapeste sem Michelle

A seleção portuguesa da Fed Cup, que começa esta quarta-feira a disputar a edição de 2015 do Grupo I da Zona Europa/África, que volta a disputar-se em Budapeste, já está na Hungria e começa a treinar esta segunda-feira, dia em que deve chegar dos Estados Unidos a número um portuguesa, Michelle Larcher de Brito.

Depois de iniciar a temporada com três torneios ITF nos Estados Unidos, a número um portuguesa partiu da Florida diretamente para o leste europeu, mas um problema técnico fez o seu voo regressar a solo norte-americano, atrasado a sua chegada a Budapeste para segunda-feira, pelas 16h20.

“Infelizmente, Michelle teve problemas com o seu voo. Problemas técnicos fizeram com que o avião tivesse de regressar aos Estados Unidos. A atleta chega a Budapeste apenas esta segunda-feira”, revelou o selecionador nacional André Lopes, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Ténis.

O técnico, que está em Budapeste acompanhado pelo adjunto Miguel Sousa e o fisioterapeuta Carlos Costa, admitiu que não contar desde já com a número 120 WTA está longe de ser o cenário ideal para a preparação da jovem equipa lusa.

“Não é o cenário ideal em termos de preparação, mas faremos de tudo para que a Michelle se possa apresentar nas melhores condições na quarta-feira, dia em que arranca a fase de grupos”, confessou.

Este domingo, o restante trio de jogadoras portuguesas, composto por Bárbara Luz, Maria João Koehler e Inês Murta realizaram trabalho no ginásio, no final do dia e vão cumprir esta segunda-feira duas sessões de treino já nos courts do Syma Even and Congress Centre.

Estreia com a Bulgária na quarta-feira

A seleção da Bulgária, encabeçada pela número 52 mundial Tsvetana Pironkova, será a primeira adversária de Portugal na Pool C da prova. Portugal e Bulgária defrontaram-se nas últimas três vezes que a seleção nacional disputou esta divisão, com dois triunfos para as portuguesas e um para as bulgaras. A única vitória da formação de leste foi obtida precisamente em Lisboa, em 2010.

O confronto com a Geórgia está agendado para a jornada de quinta-feira e o duelo com a Bielorrússia de Victoria Azarenka fica para a última jornada, na sexta-feira.

Recorde-se que o primeiro classificado da Pool C, onde está integrada a seleção de Portugal, defronta o primeiro classificado por Grupo B (Grã Bretanha, Ucrânia, Turquia e Litchenstein) na luta pela passagem ao Playoff. O último colocado defronta o último do Grupo B para evitar a despromoção para o Grupo II da Zona euro-africana, de onde Portugal saiu pela última vez em 2011.