Por que razão Federer nunca joga Acapulco? Diretor explica

Por José Morgado - Março 16, 2021
federer

Roger Federer é naturalmente muito apreciado em todo o Mundo e o México não é exceção. Em novembro de 2019, o suíço jogou um encontro de exibição na Monumental Praça de Touros da Cidade do México, que contou com mais de 40 mil espectadores, mas a verdade é que nunca competiu no maior torneio do país, o ATP 500 de Acapulco, por onde passaram todos os outros grandes jogadores da sua geração. Raul Zurutuza, diretor da prova, explica as razões.

“O que se passa com o Roger é algo que eu espero que não se repita com qualquer outro tenista. Ele nunca veio cá porque tem um contrato de longa duração com o Dubai. São razões puramente comerciais. É pena que isto aconteça porque acho que os tenistas devem procurar jogar o maior número de torneios diferentes”, disparou o diretor da prova, que lembra que Federer só pode falhar o torneio do Dubai por lesão ou questões físicas (como este ano) mas não pode escolher outra prova na mesma semana.

Zurutuza festejou ainda a estreia de Stefanos Tsitsipas esta semana na prova. “Queríamos muito contar com ele e felizmente conseguimos. Conversámos com o seu empresário. Parece-me que ele está a gostar. É um tipo super-relaxado, boa onde e vai gostar do nosso torneio, tenho a certeza“, assegurou o mexicano.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.