Pliskova apanha grande susto mas avança; miúda checa de 17 anos dá nas vistas

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 30, 2022
pliskova-dc

Karolina Pliskova não é eliminada na primeira ronda de um Grand Slam desde Roland Garros em 2016. Nesse mesmo ano, alcançou a final do US Open. Agora, esteve muito perto de dizer adeus na ronda inaugural em Flushing Meadows, ao apanhar um susto daqueles diante de Magda Linette.

A defrontar a 73.ª do ranking WTA, a 22.ª sobreviveu com os parciais 6-2, 4-6 e 7-6(8), num encontro de 2h35 em que esteve mesmo no limite. Basta ver que a checa esteve a perder por 4-1 no terceiro parcial, antes de virar o set do avesso e liderar por 6-5 com o serviço na mão. Pliskova foi quebrada e seguiu para o super tie-break, onde liderou por 7-2… até estar a perder por 8-7, com Linette a servir. Acordou a tempo, no entanto, para fechar o encontro e marcar duelo com a compatriota Marie Bouzkova.

Outra checa que seguiu em frente foi uma miúda de 17 anos. Falamos de Linda Fruhvirtova, uma das estrelas da nova geração. A 167.ª do Mundo arrasou a chinesa Xinyu Wang (79.ª), com os parciais 6-3 e 6-4, somando aquela que promete ser a primeira de muitas vitórias em quadros principais de Grand Slams.

Também em frente seguiu a chinesa Qinwen Zheng (39.ª), que se desfez de uma cabeça-de-série, a letã Jelena Ostapenko (16.ª), com os parciais 6-3, 3-6 e 6-4.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.