Perigo à vista: Nadal não será um dos quatro primeiros cabeças-de-série em Roland Garros

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 13, 2022
Créditos: Bruno Alencastro/Bola Amarela

A derrota que Rafael Nadal sofreu frente a Denis Shapovalov nos oitavos-de-final do Masters 1000 de Roma tem mais consequências do que ‘apenas’ falhar a defesa do título. Há um efeito prático em termos de ranking que também acaba por ter impacto em Roland Garros: é que o espanhol de 35 anos vai cair para o 5.º lugar da hierarquia mundial masculina, algo que o tira do lote de quatro principais cabeças-de-série em Paris.

Stefanos Tsitsipas já tem garantido esse salto para o 4.º lugar, ao passo que Rafa fica a saber que o seu caminho para um eventual 14.º título em Roland Garros passa obrigatoriamente por Novak Djokovic, Daniil Medvedev, Alexander Zverev ou Tsitsipas nos quartos-de-final. Evitar um destes quatro tenistas até aos quartos-de-final é o ‘benefício’ que Nadal perde com esta derrota nos ‘oitavos’ em Roma.

Ainda assim, o que deverá preocupar Nadal de forma mais clara nesta altura será mesmo recuperar de forma segura para conseguir jogar perto de 100 por cento em Paris, isto depois de a lesão crónica no pé esquerdo ter voltado a dar-lhe muitos problemas, ao ponto de acabar o encontro com Shapovalov quase sem conseguir correr.

Nadal é eliminado por Shapovalov, falha defesa do título em Roma e acaba duelo quase a coxear

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.