Pedro Sousa e o wild card para o Estoril Open: «Não posso dizer que não estivesse à espera, mas nem tinha pedido»

Por José Morgado - 27 Março, 2019

Pedro Sousa recebeu um ‘wild card’ para o quadro principal do Millennium Estoril Open, que vai decorrer entre 27 de abril e 5 de maio, no Clube de Ténis do Estoril, em Cascais, anunciou esta quarta-feira a organização.

“É uma excelente notícia. Não posso dizer que não estivesse à espera, mas nem tinha pedido, embora soubesse que tinha boas hipóteses. Estou muito feliz pela oportunidade de jogar mais uma vez um dos meus torneios favoritos, ainda para mais com um quadro tão forte como o deste ano. Espero jogar bem, dentro daquilo que fiz no ano passado e fazer um bom torneio”, afirmou Pedro Sousa, em declarações à Lusa.

O número dois nacional e 105.º colocado do ranking mundial atingiu, nas últimas duas edições, a segunda ronda do ATP 250 português, tendo sido eliminado em 2018 pelo compatriota João Sousa, que viria a sagrar-se campeão, num encontro em que chegou a ter match point. Antes, havia batido Gilles Simon num duelo épico.

Em fevereiro, Pedro Sousa integrou, pela primeira vez na carreira, o ‘top-100’ da hierarquia ATP e hoje foi agraciado com um convite, entregue pelo diretor do torneio, João Zilhão, para o evento organizado pela 3Love nos courts de terra batida do Clube de Ténis do Estoril. “É um prémio pela carreira do Pedro Sousa, que recentemente atingiu o ‘top-100’ do ranking mundial e protagonizou dois dos melhores encontros da última edição do Millennium Estoril Open. No primeiro encontro, venceu ao francês Gilles Simon em três ‘sets’ e depois perdeu também em três partidas frente a João Sousa, que, inclusivamente, teve de salvar ‘match points'”, justificou João Zilhão.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.