Pedro Araújo bate Luís Faria rumo aos ‘oitavos’ do Braga Open

Por José Morgado - Setembro 20, 2021
araujo

Pedro Araújo, de 19 anos e atual número 898 do ranking ATP, qualificou-se esta segunda-feira para os oitavos-de-final do Braga Open, evento Challenger 80 que decorre esta semana no Minho. É a segunda vitória da carreira de Araújo em quadros principais de eventos desta categoria, depois da alcançada no Challenger 50 de Oeiras 4, há cerca de três meses, no Jamor.

Num duelo de wild cards, o campeão nacional de juniores de 2020 derrotou o vimaranense Luís Faria, número 774 ATP e a jogar perto de casa, por 6-2 e 6-4, recuperando por duas vezes de um break abaixo na segunda partida.

“Foi um jogo positivo. Estive bastante bem no primeiro set, consegui ser superior, paciente e controlei os pontos, mas no segundo houve mais altos e baixos. A chave do encontro foi o 4-4 do segundo set, em que enfrentei três pontos de break, consegui agarrar-me bem, meti uma esquerda ao longo no primeiro ponto e a partir daí ele falhou mais e eu fui bastante sólido”, analisou Pedro Araújo, que se sagrou campeão nacional de sub 18 em 2020 enquanto Luís Faria lamentou “a falta de consistência” e os “demasiados erros mesmo quando consegui seguir o meu plano de usar bolas com bastante spin para depois entrar em campo”.

Araújo, que se junta a Tiago Cação na segunda ronda da prova, vai defrontar de seguida o bem mais cotado francês Hugo Gaston, 115.º ATP e que em 2020 chegou aos oitavos-de-final de Roland Garros.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt