Pai de Wozniacki deixa no ar uma possível retirada da filha: «Está a 50% das suas possibilidades»

Por Nuno Chaves - Fevereiro 6, 2019

No ano passado, Caroline Wozniacki surpreendeu tudo e todos ao anunciar que sofria de artrite reumatóide. A dinamarquesa garantiu que ia tentar viver e jogar com a existência da doença, no entanto, as coisas não têm andado fáceis.

Os resultados não têm aparecido e o seu pai e treinador, Piotr Wozniacki, deu declarações que deixam a pensar. “Não sabemos quanto tempo vai continuar a jogar ténis. Foram detetados problemas de saúde e a Caroline encontra-se a 50% das suas possibilidades. Não está ao nível físico que se quer para competir ao máximo”.

Sobre a possibilidade de não representar a Dinamarca nos Jogos Olímpicos, o pai reagiu desta forma. “É impossível que neste estado de forma consiga defender as cores do seu país numa competição tão importante. Somos conscientes do que implica a sua ausência, mas não sabemos o que vai acontecer esta temporada. A única coisa que podemos fazer é estarmos felizes por se levantar todos os dias para treinar”, admitiu a um órgão de comunicação polaco.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.