Kvitova testemunha em tribunal: «Apontou-me uma faca ao pescoço»

Por José Morgado - 6 Fevereiro, 2019

Petra Kvitova, número dois mundial, testemunhou esta quarta-feira em tribunal pela primeira vez desde que o homem que a atacou em casa, em dezembro de 2016, foi preso. Em Brno, Kvitova recordou de forma detalhada o ataque, sentando-se numa sala privada para evitar qualquer tipo de contacto com o homem, que esteve presente diante de um juiz.

Ele pediu-me para ligar a torneira de água quente e naquele momento eu tinha uma faca apontada contra o meu pescoço. Eu agarrei-a com as duas mãos. Segurei a lâmina com a mão esquerda. Ao pegá-la caí no chão e havia sangue por todo o lado. Vi todos os meus dedos cortados. Não senti dores do corte, mas ao ver a minha mão fiquei mais disposta e desmaiei de imediato”, confessou a checa, que revelou ainda que o homem queria… dinheiro.

Depois desta visita à República Checa para testemunhar em tribunal, Kvitova preparar agora o regresso à competição, em Doha (Qatar), onde defende o título.

 

  • Categorias:
  • WTA
José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.