Ostapenko disparou 80 erros não-forçados… e ganhou na mesma

Por José Morgado - Agosto 31, 2023
ostapenko

Jelena Ostapenko, ex-top 5 mundial e atual número 21 do Mundo, voltou a mostrar esta quarta-feira a razão pela qual os seus encontros são quase sempre únicos, ao qualificar-se para a terceira ronda do US Open num duelo épico e quase difícil de descrever. É a letã de 26 anos derrotou a russa Elina Avanesyan por 6-3, 5-7 e 7-5, em 2h20, apesar de ter disparado nada mais, nada menos do que 80 erros não-forçados durante o encontro. Os 57 winners acabaram por ser suficientes para compensar e ajudá-la a marcar encontro com a norte-americana Bernarda Pera na terceira ronda.

Quem também seguiu em frente foi a regressada norte-americana Jennifer Brady. A semifinalista de 2020 derrotou a polaca Magda Linette, 24.ª WTA, por 6-1, 2-6 e 6-2.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt