Osaka: «Gosto da Gauff, mas não de perder para uma miúda de 15 anos»

Por Bola Amarela - Janeiro 24, 2020
osaka-gauff

Naomi Osaka, número quatro mundial, de 22 anos, fez esta sexta-feira uma das exibições mais desastradas da sua carreira para perder em pouco mais de uma hora com a menina prodígio norte-americana Coco Gauff, de 15 anos, na terceira ronda do Australian Open, onde inclusive defendia o título.

No final do encontro, a japonesa estava naturalmente muito desapontada com aquilo que acabara de fazer. “Devia ter metido mais bolas dentro do court, talvez tivesse ajudado, mas a verdade é que eu não estava preparada para aquilo que encontrei. Sinto-me mal por mim, pela minha equipa, pelos meus mais. Foi um total desapontamento e eu acabo por colocar em causa o trabalho de toda a gente que está comigo diariamente”.

Osaka, que na última edição do US Open havia atropelado Gauff (6-3 e 6-0) e tido uma atitude comovente, ao convidar a jovem para partilhar consigo a entrevista em court, não esconde que não acha normal perder para uma miúda de 15 anos. “Gosto dela, mas não gosto de perder para uma miúda de 15 anos. Não é um sentimento agradável e sinto que deveria ganhar-lhe. Isto para mim é uma espécie de ‘reality check’ que talvez precise”.

Bola Amarela