Osaka faz um ‘pedido’: «Quero que a Serena jogue para sempre»

Por Bola Amarela - Fevereiro 18, 2021
naomi-osaka

O dia no Australian Open ficou marcado não só pela vitória de Naomi Osaka sobre Serena Williams, mas também pela emotiva conferência de imprensa da norte-americana. Questionada sobre tudo o que se passou, a japonesa deixou uma espécie de ‘pedido’ à campeoníssima de 39 anos.

“Defrontá-la significa muito para mim. Cada vez que jogo contra ela sinto que é algo que, definitivamente, vou lembrar muito. Não sei, é triste ouvir isto porque quero quer a Serena jogue para sempre. É a criança em mim a falar… É sempre surreal vê-la na vida real, bem perto, porque raramente a vejo. Acho que os nossos horários de treinos estão desencontrados”, confessou a japonesa, que vai defrontar Jennifer Brady na final em Melbourne.

Com dois títulos no US Open (2018 e 2020) e outro no Australian Open (2019), Naomi Osaka não sabe o que é perder a final de um torneio do Grand Slam. Como é que isso acontece? “Tenho a mentalidade de que as pessoas não se lembram dos vice-campeões. Vocês se calhar sim, mas o nome do vencedor é que fica cravado. Penso que sou quem luta mais nas finais. É aí que te destacas do resto da concorrência, aquela é a outra pessoa que ganhou tantos jogos como tu. É a maior luta!”, destacou.

Bola Amarela