Oliveira desiste do Braga Open após incidente no treino com Gastão Elias e multa pesada

Por Bola Amarela - Setembro 21, 2022

Gonçalo Oliveira, número 396 do ranking ATP, foi um dos três portugueses a passar a primeira ronda do Challenger de Braga, ao vencer o seu encontro de estreia na prova na jornada de terça-feira, mas não vai entrar em court na quinta-feira para defrontar o neerlandês Jele Sels, 196.ª da hierarquia mundial, na segunda ronda.

O tenista que vive no Algarve já regressou a casa  depois de ter sido multado em cinco mil dólares pelo juiz árbitro no torneio, na sequência de um incidente com Gastão Elias na segunda-feira de manhã. Oliveira recusou-se a dividir court [como acontece muitas vezes nos primeiros dias de torneios com poucos campos de treino, o que é o caso] com Elias e a situação tensa acabou em insultos e a gota de água foi o momento em que Oliveira bateu com a sua raqueta na de Gastão, situação captada em vídeo (abaixo).

A história, contada com todos os detalhes ao Bola Amarela por diversos jogadores presentes no local e confirmada por Elias, foi assistida de perto por Rui Machado, selecionador nacional e diretor técnico da Federação Portuguesa de Ténis — que tentou apaziguar a situação mas preferiu não fazer comentários sobre o incidente — e originou a chamada do juiz árbitro, que ouviu as versões dos dois jogadores.

A decisão sobre a multa, no entanto, foi apenas tomada depois de consultar as imagens vídeo disponibilizadas pela câmera do court ao lado, que nesse momento transmitia em direto no site do ATP Tour um encontro da competição, e que aqui recuperamos.

O Bola Amarela tentou contactar Gonçalo Oliveira para que este nos pudesse dar a sua versão daquilo que se passou, até ao momento sem resposta. É sabido, no entanto, que Oliveira não gostou da multa e anunciou ainda na terça-feira à noite nas redes sociais que não ficava em Braga…

Bola Amarela