Oliveira arrasa e avança no Porto; Silva perde batalha com o bicampeão

Por José Morgado - Agosto 1, 2023
oliveira
FOTO: Beatriz Ruivo

Gonçalo Oliveira, número três nacional e 259.º ATP, continua em grande forma. Vencedor de sete títulos em 2023, o portuense de 28 anos somou a sua 61.ª vitória de singulares da temporada em torneios internacionais para se qualificar para a segunda ronda do Porto Open Challenger 125, naquele que também foi o seu primeiro triunfo em eventos Challenger em cerca de seis meses.

O tenista que vive no Algarve não teve problemas para derrotar na primeira ronda do torneio da Invicta o qualifier francês Lucas Poullain, 318.º ATP e conhecido por ser muito sólido, por 6-4 e 6-0, dominando completamente. Marca duelo na segunda ronda com o italiano Luca Nardi, de 20 anos, número 153 do Mundo.

Quem não conseguiu seguir em frente foi Frederico Silva, número dois português e 220.º ATP, eliminado por um jogador turco que tem quase uma releação inexplicável com o Porto Open: Altug Celikbilek, 260.º ATP, é o bicampeão em título deste torneio em diferentes categorias de Challenger e entrou também a vencer na sua versão 125, derrotando o português de 28 anos por 6-4, 6-7(6) e 6-3, em quase três horas.

Entre os portugueses, faltam ainda entrar em ação na primeira ronda Gastão Elias, Henrique Rocha (ambos na terça-feira) e João Domingues (quarta).

Jaime Faria brilha para fazer história pessoal e avança no Porto Open

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt