O que falta acontecer? Fritz salva match points, bate Zverev e fecha ‘meias’ loucas em Indian Wells

Por Bola Amarela - Outubro 16, 2021

É mesmo caso para perguntar: o que falta acontecer em Indian Wells? Quando parecia que já tinha havido surpresas suficientes com as eliminações de Daniil Medvedev Stefanos Tsitsipas nos quartos-de-final, eis que Taylor Fritz (número 39 ATP) tinha um golpe ainda mais chocante reservado para o último ato. É que o norte-americano tinha o encontro praticamente perdido com Alexander Zverev (4.º) antes de operar um autêntico milagre.

Fritz, que nunca sequer tinha estado nos quartos-de-final de um Masters 1000, triunfou com os parciais 4-6, 6-3 e 7-6(3), ao cabo de 2h22, num encontro com uma história altamente improvável. Sascha, que tem estado ‘on fire’ desde o verão, entrou com tudo e agarrou o primeiro set, antes de Fritz equilibrar no segundo e forçar o parcial decisivo. Aí, Zverev voltou a sair disparado e rapidamente se viu a vencer por 5-2. A questão é que deixou fugir um match point no serviço de Fritz, outro no seu logo de seguida e o encontro seguiu para o tie-break, onde Fritz embalou para a maior vitória da carreira.

Desta maneira, fica completado um elenco que arriscamos dizer ninguém estava à espera no arranque do torneio. Na metade superior, Cameron Norrie Grigor Dimitrov vão batalhar pela final, enquanto na inferior esse duelo será travado entre Fritz e Nikoloz Basilashvili. Para o norte-americano, trata-se da luta para chegar à primeira final de 2021… e logo num Masters 1000! Em termos de ranking, já sabe que vai regressar ao top 30.

Não perca a oportunidade de ganhar com a Bwin. Agora pode fazer uma aposta de ténis ‘ao vivo’e ganhar uma FreeBet mesmo que perca! Campanha válida até ao dia 18!
Bola Amarela