Nuno Borges de cabeça erguida em Wimbledon: «Só tenho que estar contente»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 23, 2022
Créditos: Millennium Estoril Open

Nuno Borges viveu um dia com todo o tipo de sentimentos em Wimbledon. O número dois nacional começou por deixar escapar um duelo muito equilibrado na última ronda do qualifying de Wimbledon, perdendo em quatro duros sets com Max Purcell. Depois chegou a notícia de que perdeu o sorteio dos lucky losers, ficando a precisar de duas desistências para aceder ao quadro principal. Por fim, soube que entrou ao lado de Francisco Cabral no quadro de pares.

No meio de toda esta roda viva, o 122.º do ranking ATP falou ao Bola Amarela sobre a derrota com Purcell e garantiu que o momento é de levantar a cabeça e ficar orgulhoso por tudo aquilo que conseguiu nesta semana de qualifying em Roehampton.

“Sabor amargo? Sem dúvida, mas aceito. Fiquei muito chateado no momento, mas ganhei aqui dois jogos muito duros e hoje tive oportunidades para ganhar. Só tenho que estar contente. Espero poder voltar aqui, mostrar o que aprendi ao jogar nestes palcos e tentar fazer melhor para a próxima”, contou-nos o maiato.

Aí vão eles! Nuno Borges e Francisco Cabral garantem entrada no quadro de Wimbledon

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.