Número 175 ATP elimina Diego Schwartzman; Cilic resiste

Por José Morgado - Janeiro 20, 2022
oconnell-ausopen

Não param as surpresas na jornada de quinta-feira do Australian Open! Diego Schwartzman, número 13 do Mundo e um dos jogadores habitualmente mais sólidos nos grandes palcos, foi eliminado na segunda ronda do primeiro Grand Slam da temporada por um tenista que está fora… do top 170.

O argentino de 29 anos, que até vinha a jogar muito bom ténis na ATP Cup (derrotou Stefanos Tsitsipas, por exemplo…), passou completamente ao lado do encontro diante do wild card australiano Christopher O’Connell, número 175 do ranking ATP, por 7-6(6), 6-4 e 6-4, num encontro de mais de três horas, que ficou marcado por um primeiro set que se prolongou por… 85 minutos!

Embed from Getty Images

Na terceira ronda, O’Connell vai defrontar um dos jogadores em melhor forma do momento: o norte-americano Maxime Cressy, que somou a sua 10.ª vitória em 12 encontros esta época ao derrotar na segunda ronda o qualifier checo Tomas Machac, por 6-1, 3-6, 6-1 e 7-6(5).

Em sentido inverso, Marin Cilic, finalista de 2018 e antigo top 3 mundial, confirmou o seu favoritismo diante do eslovaco Norbert Gombos, ainda que com dificuldades: 6-2, 6-3, 3-6 e 7-6(6). Vai defrontar o russo Andrey Rublev na terceira ronda.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.