Novak Djokovic: «Ser número um mundial tem desvantagens»

Por Bola Amarela - 20 Outubro, 2018

Desengane-se quem considera que ser o melhor do mundo é um total mar de rosas. Novak Djokovic assume que as vantagens de assumir a liderança do ranking são muitas e compensadoras, mas olha para o outro lado menos bom de ser ser melhor do que todos os outros.

“Estar nessa posição tem muitas vantagens, mas também desvantagens”, começou por dizer o sérvio, que, com o título no Masters 1000 de Xangai, na China, reduziu em muito a distância para o número um mundial, Rafael Nadal. “Uma dessas contrapartidas é que se perde tempo e privacidade. O ténis é um desporto global, os atletas são reconhecidos em todo o mundo”.

Ainda assim, Djokovic não tem dúvidas de que o lado bom supera o lado menos bom. “É muito bom sentir o carinho das pessoas em todo o mundo. Ser o melhor do mundo significa que se está no topo, e tenho a certeza de que há milhares de jogadores que gostariam de estar na minha posição. Tenho de aproveitar o momento”.