Nishikori passa por Tsonga e marca duelo com Djere em Paris

Por José Morgado - Maio 29, 2019
kei-nishikori

Kei Nishikori, antigo top 4 mundial e atualmente no sétimo posto da classificação, continua à procura de atingir a sua primeira meia-final da carreira em Roland Garros, depois de cair nos ‘quartos’ em 2015 e 2017. O japonês de 29 anos, que fez uma temporada de terra batida com alguns altos e baixos, sobreviveu esta quarta-feira a um segundo francês consecutivo rumo à terceira ronda em Paris.

E se o primeiro foi presa fácil (o jovem wild card Quentin Halys), este era de outro calibre: Jo-Wilfried Tsonga, outro antigo top 5 a tentar regressar à forma. Num duelo com alguns altos e baixos, o japonês confirmou o momento superior de forma e bateu o gaulês por 4-6, 6-4, 6-4 e 6-4, em pleno Court Philippe Chatrier, recuperando de 0-2 abaixo no terceiro set e de 0-3 abaixo no quarto.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/rolandgarros/status/1133734872424615936

Nishikori marca encontro na sexta-feira com o sérvio Laslo Djere, que continua a viver o melhor momento da sua carreira e está pela primeira vez no lote dos 32 melhores de um Grand Slam. Esta quarta-feira, na segunda ronda, bateu em três sets o jovem australiano Alexei Popyrin, por 6-4, 7-6(4) e 6-4, confirmando que vai regressar ao top 30 mundial após o Grand Slam francês.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt