Vintage Wawrinka arrasa Garín rumo à 3.ª ronda em Roland Garros

Por José Morgado - Maio 29, 2019

Campeão em 2015 e finalista em 2017, Stan Wawrinka, antiga top 3 mundial, fez lembrar esta quarta-feira precisamente o tenista candidato a todos os Grand Slams que era no auge da sua carreira, ao fazer uma das suas melhores exibições de 2019 rumo à terceira ronda da edição deste ano de Roland Garros.

Perante um Court 1 que estava pronto para assistir a uma grande batalha, Wawrinka puxou dos galões para derrotar o jovem chileno Christían Garín, em grande forma depois de ter vencido dois títulos ATP no último mês e meio, por arrasadores 6-1, 6-4 e 6-0, em menos de duas horas, num encontro em que o campeão de Roland Garros júnior de 2013 bem lutou, mas nunca conseguiu ser oposição para o seu rival.

Agora, vem aí mais um grande duelo, já que Stan defronta na terceira ronda quem ganhar o encontro entre Grigor Dimitrov e Marin Cilic.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt