Nasceu uma estrela? Brooksby apresenta-se ao mundo em Newport e arrasa rumo às ‘meias’

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 16, 2021
brooksby

Abram alas para Jenson Brooksby! Quem? Talvez nem os norte-americanos soubessem quem este rapaz de 20 anos é, mas depois desta semana já vai entrar certamente no radar dos fãs do ténis nas terras do tio Sam. É que Brooksby, que começou a temporada fora do top 300, está a estrear-se em quadros principais do ATP Tour esta semana, em Newport, e voltou a brilhar para chegar às meias-finais.

Brooksby (152.º ATP) precisou de pouco mais de uma hora para bater o mais experiente Peter Gojowczyk (131.º), com os claríssimos parciais 6-0 e 6-3. O norte-americano, que nunca tinha jogado um torneio profissional – em qualquer escalão – em relva, está a adaptar-se na perfeição e salvou dois dos três pontos de break que enfrentou para dominar em absoluto o alemão, que nunca teve potência para abrandar a caminhada galopante de Brooksby. Um norte-americano que até começou a época a perder nas meias-finais de um torneio do ITF World Tour com Gastão Elias, mas que já conquistou três Challengers em quatro finais desde então.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/TennisHalloFame/status/1416102054137843721?s=20

Já com uma subida para o top 140 garantida, Brooksby alimenta as esperanças norte-americanas de que aqui está mais uma jovem estrela, a seguir aquilo que Sebastian Korda tem feito em 2021. O jovem de 20 anos tem agora de esperar pelo vencedor do duelo entre Jordan Thompson Maxime Cressy para conhecer quem será o jogador que irá tentar impedir a sua primeira final ATP da carreira. Refira-se ainda que a outra meia-final já está definida, uma vez que Alexander Bublik vai medir forças com o experiente Kevin Anderson.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.